Águas do sofrimento

2/10/2013 07:52:00 AM

 
Mestre do destino, me diga por que?
Eu tenho que continuar figindo
que está tudo bem
Quando as correntes tempestuosas 
e sombras me perseguem
como está tudo bem?

Corte o fio que me liga a você
O cordão umbilical desta ignorância
Estou prestes a enlouquecer

Minhas histórias repetitivas
cansam qualquer ouvinte que se preze
e mesmo assim está tudo bem
Quando eu fraquejar, por favor,
você pode me apunhará?
como está tudo bem

Corte o fio...

AS ÁGUAS DO SOFRIMENTO LAVAM A ALMA ENTRISTECIDA DO POETA
A PENA SUICIDA PÁRA DE ESCREVER POR POUCOS INSTANTES
OS LÁBIOS ROXOS DEMONSTRAM UM SORRISO TÍMIDO
DEFINHANDO EM SEUS ÚLTIMOS MOMENTOS, LOGO A AGONIA DESAPAECERÁ
JUNTO AO TEU LEITO, ESTAREI...


Mestre do destino, me diga por que
eu preciso ficar aqui sozinha
e fingir que está tudo bem


Corte o fio...

Minhas histórias repetitivas 
são castigos do meu antigo karma
e como está tudo bem?


Quando os olhares se voltarem a minha decadente pessoa
Estarei no lugar que eu sempre quis
Serei esquecida e serei feliz

AS ÁGUAS DO SOFRIMENTO....

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários