Uma manhã apática de inverno

3/23/2013 09:33:00 AM


Uma manhã apática de inverno parece tão viva como os raios de sol
Este fio me faz lembrar de você tão distante observando o céu
Eu desejei ser apenas uma simples nuvem pairando sob os seus pensamentos
E de repente eu sou pega com o medo me invadindo agora
Você, um dia será feliz, nem que tenha que sofrer para aprender
Você, que um dia foi tão cego, verá a luz brilhar tão perto
Sinta o amor
Sinta o amor
Uma manhã apática de inverno pode de tal maneira nos fazer sofrer?
Por cada novo dia que surge, ainda temos a mesma forma de esperar
Seu nome é fé em algo melhor, não importa os sacrifícios
E de repente eu sou pega com o medo me invadindo agora
Você...

Você, cuja as lágrimas não cessam nem por um instante
Você, que no último sopro, respira a esperança de apenas
Amar....
Amar....


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários