A deusa da Justiça

4/25/2013 10:17:00 AM

Queime meus sonhos
Eu já cansei de ficar com os olhos fechados
A resposta para a dor é só mais um combustível

Queime meus sonhos
Deste sangue eu beberei sem cessar
Pois a maldade que você fez
Só terá perdão com o fogo deste inferno


Yeah! Você quis ser tão irracional
Perdido em devaneios
Idolatrando esse ridículo senso de matar

Eu serei a justiça cega a te punir
E seu coração será ração para os porcos
Pois você queimou minha alma
(Tão devagar)
Queimou a razão de minha vida
(Tao devagar)
Queimou toda a beleza desse mundo
(Tão devagar)

Yeah! Você se debate ao tentar cortar a corda
E eu roubo sua respiração
Agonia e êxtase se misturam no meu senso de justiça

Já disseram que o ferro que você fere é o mesmo que eu utilizo?
Do outro lado do jogo, você sentirá uma ardência mortal em sua mente

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários