Filhos do ódio

8/17/2013 08:38:00 AM


JOGUE-SE DO ALTO DA MONTANHA, MALDITAS MEMÓRIAS
QUEIME O BILHETE SUICIDA E PATÉTICO, SENÃO INFANTIL
TU NASCESTES PARA SER A MÁRTIR A AGONIZAR, OFEREÇO A CHANCE DE ESQUECER
TU NASCESTE PARA CARREGAR TODO O PESO DE MENTIRAS E FANTASIAS CRUÉIS

Eles me fazem chorar a noite
Eles me fazem pedir para morrer
Desejo apenas a paz para minha alma
Mas eles pisam em mim
Me abusam constantemente
Eles pisam em mim
E a lamúria será chance

(Filhos do mal, brotam como o mal
Corrompe corações com agressões a alma da criança
Que todo o dia reza para se tornar invisível
Mas é o centro de suas brincadeiras macabras

Neste pequeno ciclo infernal
Eu clamo por ajuda
Neste pequeno ciclo infernal
Eu espero adormecer)

A HUMANIDADE VAI ESQUECER DO QUE VOCÊ FOI EM UM PISCAR DE OLHOS
QUEIME O BILHETE SUICIDA E PATÉTICO, ALMA PERDIDA
TU NASCESTES PARA SER A MÁRTIR A AGONIZAR, OFEREÇO A CHANCE DE ESQUECER
TU NASCESTE PARA CARREGAR TODO O PESO DE MENTIRAS E FANTASIAS CRUÉIS

Um amor que nunca chega
É tão certo como a salvação que me ofereces
Desejo apenas a paz para minha alma
Mas eles brincam comigo
Meus sentimentos morrem
Me abusam constantemente
Meus sentimentos morrem
E a lamúria será eterna

Filhos do mal, brotam como o mal...

"Tem misericórdia, pois estou de joelhos
A pecadora que sonhou em amar
Tem misericórdia, te entrego minha vida
Meu Senhor, perdoe este meu sonho
De apenas aprender a amar..."

Mas minha mágoa é tão destrutiva e eterna...!
Bom sábado, meus corvinhos ;-)

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários