Decepcionantes visões

9/01/2013 03:57:00 PM


Mais um espetáculo de sangue jorra de sua mente doentia
Nas entranhas desses pensamentos decadentes de cada dia
Um ranger de dentes silencia a voz do ódio em mim
O curto espaço que eu me perco, eu encontro você morta

De novo...

Mais um circo onde os aplausos são forçados há séculos
De suas decepcionantes visões estão escravos eternamente
Um ranger de dentes guarda toda essa maldita fúria
Que rasga o peito daquele último desbravador, você está morta

De novo... 

Não há nada a ser feito
Apenas espere o mundo ruir
Essa dor logo vai passar
Quando o fogo surgir

Macabros risos nas sombras dizem
"O culpado são vós, homens sem Deus"
Macabros risos nas sombras dizem
"Vós destrupistes o mundo, homens sem fé"

O sol nunca mais virá
Nenhum brilho nos resgatará
Somos anjos caídos na desgraça que plantamos
Essa agonia nós consumirá

O sol nunca mais virá
Porque matamos toda a luz
Essa é a hora de temer?

Não medimos consequências
Só aumentamos o poder de nossa própria ganância!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários