Oliver Tsubasa – O herói do futebol japonês

9/18/2013 07:05:00 AM


Por: Raquel Alves
Matéria feita para a disciplina de Jornalismo Esportivo

Todos nós sabemos que o Brasil é conhecido mundialmente como o “País do Futebol”. E realmente faz jus ao título, pois ao longo da história desse esporte, temos exemplos diversos que vão desde jogadores, técnicos, times, etc.
            O futebol do Brasil é exemplo e inspiração a países que ainda não tem uma tradição nesse esporte, mas independente disso, não deixam de sonhar que um dia chegarão ao nível de tantas seleções famosas.
            Tendo no enredo o gancho dos fatos acima mencionados, Yoichi Takahashi, mangaká de renome no Japão, inspirado também na história do ex–jogador japonês da seleção do São Paulo, o Musashi Mizushima, – que atuou no time no período de 1975 a 1985–,  criou o mangá e futuramente anime “Captain Tsubasa”, mais conhecido aqui no Brasil como “Super Campeões”, exibido na extinta TV Manchete, entre os anos de 1997 e 1998.
            O intuito inicial de Takahashi era tornar o futebol popular no Japão, bem como incentivar a seleção de seu país que estava desiludida com o esporte. O protagonista de um enredo “futebolista” é Oliver Tsubasa, que como tantos outros garotos, deseja se tornar o melhor jogador de futebol do mundo. Para ele, não basta só sonhar acordado... É necessário ter garra e acreditar que apesar das dificuldades e sacrifícios, não existe coisa melhor do mundo do que ver a concretização de seus sonhos.
A 1ª versão do anime contém 46 episódios “recheados” de jogos eletrizantes, lições de amizade e companheirismo, superação, competições, além da convivência com pessoas diferentes e rivalidade, que também faz parte do jogo e de nossas vidas.

            Ao longo do anime, Oliver conquista amigos e converte os “inimigos’ em companheiros, ao mesmo tempo, que ganha espaço no mundo aclamado e disputado do futebol, vencendo diversos campeonatos e se tornando reconhecido pelos seus “feitos” e juntamente com seus amigos, convergem–se em “salvadores do futebol japonês”.
            Suas técnicas, dribles e passes de futebol –sempre nomeados–, parecem em certos momentos, super–poderes que transformavam nos últimos segundos de grandes partidas, no “milagre” chamado “GOL!”, e conseqüentemente, alcançavam a vitória que tanto almejaram. 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários