Avassalador

12/01/2013 08:26:00 AM


Deus, esse amor um dia vai me matar
Não é preciso nenhum oráculo para ver onde piso
É no destino que está escrito todas as mentiras
Enterrada na lama sangrenta está a minha história

Deus, esse amor avassalador vai consumir minha vida
Meu foco é fixo no final desse horizonte esquisito
Onde a luz repousa em um manto escuro e quente
Enterrada na face de seus fiéis adoradores

Eu quero aprender a desistir de uma luta perdida há mil anos
Eu quero lavar minha face nas águas da chuva de dezembro
Meus cumprimentos a quem é feliz por ter alguém
Meus cumprimentos ao vazio decomposto em mim
Eu falhei, oh, como eu falhei!!!!

Tão avassalador é o calor do corpo sem vida
Gélido são seus sentimentos presos em uma caixa
Pandora resolveu dar uma volta no bosque
E repousar sua cabeça no braços do infernal serviçal de Hades

Tão avassalador é o calor do corpo sem vida
Que em agonia clama por uma vingança
Arranque a cabeça da cobra e beba seu veneno
Repouse sua cabeça nos braços da única que não te esqueceu

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários