Julieta

2/17/2014 07:21:00 AM


Você inspira (um romanticídio)
Você vive (e respira o pesar)
Talvez a criança que exista em você queira viver

Julieta, amargas são as lembranças do seu amor
A morte se converteu em seu próprio salvador
Mas o que adiantou se sua vida foi destruído?
Romeu te traiu, Romeu te traiu

Você inspira (alguns poetas lunáticos)
Você vive (no imaginário feminino)
Talvez o veneno que corre em mim, seja o castigo

Julieta, amargas são as lembranças do seu amor....

"Maldito sejas esse coração que bate em meu peito
Ardente sejas esse cruel desejo que me enlouquece
O tempo logo acabará com essa angústia
E na solidão, abraçarei minha deusa mortas
E honrarei com seu sangue, tuas feridas"

Julieta, eu ouvi o seu chamado dos mortos
Deixe-me consolar seus pensamentos....

Julieta, amargas são as lembranças do seu amor....

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários