Iluminada

5/25/2014 10:52:00 AM


Sentes o calor que emana de meu corpo?
Novamente eu fui ressuscitada
Para ser guiada aos seus braços
E sofrer mais tormentos

Sentes a necessidade de me usar?
Por inteira, cada extremidade é sua
Lute para assim conquistar
E sofrer mais tormentos

Iluminada, dance na noite que os corvos festejam tua glória
Renda-se ao banho eterno de sombras e sangue aos teus pés
Invoco sem parar o nome da dama que sempre chora
Nessa hora, entrego meu coração

Sentes a fúria de minhas palavras malditas?
Não há equívoco quando estou com você

Fim

Iluminada, seu tempo em minha terra está acabando
Mate aquele que rasgou-lhes em pedaços agora
Ou apodreça nas mentiras que juntos construímos
Nessa hora, eu entrego minha alma

Suspiro

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários