Ondas

6/18/2014 05:48:00 AM


Vem na intensidade dos meus turbulentos sentimentos
Choca-se com meus pesadelos no amanhecer de cada dia
Vislumbre a glória de estar no patamar mais elevado da vida
E viva a liberdade de poder estar entre os mares

Na imensidão, admiro suas suntuosas curvas
Na solidão, respiro exausta, esperando você voltar
Na escuridão, caio e rogo por suas águas
Venha me salvar

Deixe eu mergulhar mais uma vez na promessa de uma nova vida
Dizes qual o preço oferecido para a liberdade de meu coração

Vem na intensidade de um furação, feroz a destruir
Choca-se com a moralidade existente em mim
Vislumbre a decadência em pessoa na sua frente
E viva a ousadia de ser sempre o que você é

Na imensidão, eu vagarei no fim dos tempos
Na solidão, a chave da mente suicida
Na escuridão, caio e rogo eternamente por suas águas
Venha me salvar!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários