Permaneça em mim

7/24/2014 10:24:00 AM


Como eu pude ser o culpado por me sentir a beira de um desespero continuo?
O ato do sonhador, entre as nuvens de céus estrelados encobrirei a luz com as lágrimas
Que brotam de ti

Sufocados anjos caídos, pois a dor nos fere mortalmente
Entregues a um destino desgraçado na trilha de corações partidos, posto ao lado dos sonhos desfeitos
Do andarilho das sombras

Eu posso contar a você como eu chorei
Você cansa de ouvir críticas quando você dá o sangue
Eu acreditei em um estado de graça que não existe no silêncio
Na palma das mãos feridas iremos ver sua queda
Venha aos meus braços e permaneça em mim

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários