Capítulo 12: Devaneios

9/07/2014 05:27:00 PM

Eu estava completamente apaixonado pela melancolia daquela garota, seu jeito frágil e necessitando de proteção, não que eu sentisse alguma espécie de prazer por vê-la em tal estado. Eu apenas gostaria (e me conformaria) se ela apenas me deixasse ser seu amigo. Mas entendo o lado dela.. Alunos gozam de seus semelhantes que tornam-se amigos de um professor. Acham isso cafona, nesses tempos... E logo começam a maldar... e eu não queria que a vida dela ficasse pior. 

"Faça a sua parte, Brandon. Ame-a!", me dizia Cassie em um sonho. Sou um louco, sabia? Um louco que ousa pensar que o amor nasceu para mim. Eu já o perdi duas vezes e sofro até hoje as suas amargas consequências. E prefiro enterrar tais lembranças, já que minha alma incompreendida, estava perdida nesse mundo de mistérios. Dize-me criatura sobrenatural, o que sou? O que estou fazendo nessa cidade? Por que me sinto ligado a essa garota? Por que minha vida mudou desde a morte de Cassie? O que estou fazendo aqui nesse mundo, ainda vivo? A culpa foi minha. Aquele fatídico dia sempre me assombrará. E nunca encontrarei a paz para minha alma. Ainda tenho uma alma?

"Ela te guiará até mim, amor!"

"Cassie, é você?" Meus delírios me perturbam e eis que sorvo mais taças de absinto. Cansando de tudo, tento dormir. Fechar os olhos é impossível. Borrões cintilantes dançam em minha mente. Eu vejo o rosto de Lindsay tomando contornos sombrios. Aperto com força o colar da ave imortal. 

...

Quando minha esposa morreu, eu lutei para não me enterrar com ela. Toda a concepção de vida que eu conhecia havia desaparecido a partir daquele dia. Eu desisti de morrer e busquei esquecer a dor. Nas minhas idas e vindas, no vasculhar de memórias perturbadas, me recordo de ter ouvido uma história sobre uma tribo indígena canadense que adorava a deusa da ave negra da morte. Rezava a lenda que um colar especial da pena da ave imortal era capaz de dar poderes inimagináveis a quem o possuir. Com certeza o maior deles, seria o poder de ressuscitar a pessoa que ama. Imerso num desejo de conhecimento e na cura de meu espírito ferido, decidi me aventurar. 


Ass: Brandon


..................................


Xandria-Ravenheart

Venha para mim, coração de corvo
Mensageiro do mal.

Sombra dos sonhos esquecidos
Você vem para levar novamente
Minha esperança sobre suas asas negras.

Venha para mim, coração de corvo
Mensageiro do mal.
Venha para mim. Quais as novidades?
Aqui ainda estou, abandonada

Do amor e do ódio os cantores falam.
Mas eu sinto mais, mais que ambos,
Mais do que céu e inferno.
Eu me submeto ao destino.
Agora que realmente aprendi minha parte
Uma vez o amando, agora odiando o amor.
Eu tenho cometido erros, meu coração de corvo.

Então venha

Venha para mim. coração de corvo
Menssageiro do mal
Venha para mim. Quais são as novidades?
Aqui eu sobro sozinha.

Eu terei de volta quem eu estimo?
E assim falou o corvo: Nunca mais.

Ohhhhh, Ohhhhh, Ohhhh
Ohhhhh, Ohhhhh, Ohhhh

Venha

Venha para mim, coração de corvo
Menssageiro do mal
Venha para mim. Quais são as novidades?
Aqui eu sobro sozinha.
(2x)

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários