Minha confissão

12/03/2014 03:45:00 PM


Devo confessar que já não amo mais você
Apenas há uma lembrança, um vazio a corroer
Sigo uma estrada sinistra rumo ao nada
Uma névoa espessa é meu caminho



Devo confessar que estou perdida
Quantos amores eu tive nessa vida
E quanto valeu as dores que eu senti?
Eu não sei procurar suas respostas

Abro a mente em tamanho limitado
Ideias nunca podem se confrontar
Dai-me a sabedoria necessária para esquecer
Minha confissão
Sou mais um discípulo de seu mestre
Sem regras, sem leis, sem amores
Tortura-me
Iluda-me
Mais uma vez

Devo confessar que cheguei a gostar de você
Apenas prometi ao meu coração não sofrer
Sigo uma mentira novamente por tudo que fui
Uma névoa espessa revela meu paraíso

Abro a mente diante de teus dogmas
Ideais discriminados no código de barra
Dai-me a sabedoria necessária para morrer
Minha confissão
Sou mais um escravo de teus caprichos
Sem regras, sem leis, sem amores
Tortura-me
Iluda-me
Mais uma vez

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários