Tomando um rumo

5/21/2015 09:16:00 AM

*poesia antiga anotada em um caderno empoeirado

Resultado de imagem para arrumar as malas
Acordei tão pensativa
Querendo mudar a vida
Realizar os sonhos do coração.

Não que eu queira
Fugir da realidade
Mas é preciso acreditar que posso!

Tomando um rumo
Com as malas na mão
Pegando a estrada
E alcançando as metas
Tomando um rumo
Seguindo meus passos
Criando trilhas
Para o meu destino.

Arrumei minhas malas
Sem pedir permissão
Só disse apenas que iria embora.

Não precisa chorar
E nem se lamentar
Eu preciso acreditar que posso!

A despedida dói muito
Mas não será para sempre
Eu sei que logo voltarei.

E comigo levo
Além de minha própria sombra
Caneta, lápis e muito papel.

No meu início
Na minha longa vida
O que eu tenho a fazer
É passar uma lição para você!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários