Capítulo 9: A esperança

6/01/2015 07:54:00 AM

A Lady tina muito poder e disso eu não tinha dúvida. Mas o poder do amor foi a arma que eu usei para fazer Brandon despertar. O sonho que o alertara para a trama fatal da Lady, foi o fato crucial para que suas suspeitas estivessem alinhadas ao plano de minha realidade.

A nossa recente troca de memórias possibilitou eu ter acesso ao seu mais terrível medo: através das tantas perseguições de seus discípulos em busca da fórmula da eternidade, do Santo Graal, do poder de ressuscitar os mortos, eu pude ver um específico ritual chamado Corvo Negro, elaborado pelo clã das águias, que faz parte de uma profecia referente a fúria de uma deusa tribal. 

Juntamente com essas informações e com detalhes da pesquisa de sua falecida esposa, perguntas a Érica, (amiga de Cassie que desenvolveu uma pesquisa para seu mestrado de mitologia indígena americana), Brandon preparou a armadilha final com a intenção de resgatar minha alma, numa segunda e última tentativa, nem que isso lhe custasse a  vida.


***

Brandon havia preparado meu novo quarto. As cores eram vibrantes, como se estivesse dando boa vindas à minha vida. Haviam pelúcias diversas e eu particularmente adorei! Os livros estavam dispostos em ordem alfabética em um armário amarelo. Reparei na cama de solteiro e ele pareceu perceber que não foi uma surpresa tão agradável assim...

"O que foi? Não gostou?"

"Sim... adorei.... mas pensei que a gente... que nós.... fôssemos ficar no mesmo quarto..."

Brandon engoliu seco. Calor emanava de seu corpo e para disfarçar sua vergonha, ele ligara o ar condicionado. Sem perceber eu estava bem próxima dele e o toquei. Ele parecia receoso. Não acreditava, em certos momentos, que eu estava ainda de pé.

"Tome um banho, se troque e descanse. Amanhã nos vemos...", deixando-me sozinha em meus pensamentos de vingança.... Hoje eu estava disposta a fazer uma visita.



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários