Blackout

12/27/2015 09:23:00 AM

*poesia antiga


Resultado de imagem para blackout

Deixe que eu viva do jeito que eu quero viver
Não apague as luzes do meu coração
Não deixe me tornar a pessoa que não sou
Só porque não quero saber o que é sofrer

A vida foi quem me moldou assim
E vi que o ódio às vezes nos faz viver

Blackout
Tirou o melhor de mim
Blackout
Quero encontrar a luz
Blackout
Acho que eu me perdi na escuridão de seus olhos

Essa história de contos de fadas
Não existe no mundo real
E do lado de fora do mundo
Aprendi essa lição da forma mais dura possível
É o início do fim, eu sei o que você realmente quer de mim

  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá,
    Adorei seu texto. Infelizmente crescemos acreditando em contos de fadas e príncipe encantado e a realidade é bem outra. E quando percebemos isso, levamos um tombo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por seu comentário. Para mim, uma ultrarromântica eterna, creio que esse tipo de sonho pode continuar a existir, apesar do sofrimento da verdadeira realidade que me espera :) rsrs. Tudo de bom pra vc, linda!

      Excluir