Capítulo 2: Jogo dos Mortos- parte 2

1/05/2016 06:33:00 AM

Agora o importante não era eu dizer o quanto eu venci a mim mesma em uma batalha pela busca do equilíbrio; que eu não temeria que mal maior fosse gerado, pois eu estava em paz; não precisei recorrer a busca da pedra dos deuses e chegar ao ato extremo de anular meus poderes. Agora, nosso foco era impedir que Hélis se tornasse um servo do Destruidor. Mesmo sendo seu inimigo no amor, Makato o via como um líder, o admirava e o respeitava como amigo, como mais um irmão... E não aceitara que a razão de abandonar uma luta por meu amor fosse porque Hélis preferia sucumbir a escuridão e não assumir o quão digno era, independente do que viria ou não a ser. 

Como nós soubemos deste segredo, afinal?

Luci nos confessou assim que o raiar do dia seguinte ao sepultamento do mago Ancião surgiu no céu, como o anúncio de uma nova era em Mystic. Este era um segredo que estava corroendo sua vida. Ela já suspeitara que sua filha Aiada partira com Hélis, e vivia se culpando por não ter feito nada, quando pareceu que ambos estavam perdidos e precisando de uma orientação. Contudo, ultimamente, Luci estava sofrendo de graves problemas de saúde. Eu sei que parece bizarro, mas nossa natureza, no fim das contas, não é pior ou melhor do que a de ninguém... Temos poderes, sim! E fraquezas também! Nascemos para morrer e morremos para nascer. Essa é uma lei vigente em qualquer universo, seja ele mágico ou não...

O fato é que deveríamos impedir que Hélis vivesse uma vida no qual só veria a morte como sua fiel companheira. Com o mapa de Mystic nas mãos, nos dirigimos ao local onde ocorrera a batalha que uniu o Mago Negro e o Destuidor.


***
Desde as antigas eras, sua voz, seu poder e sua influência causaram um desequilíbrio no Reino de Mystic. Provavelmente ele foi a voz que ecoou um ódio sem razão na mente de Bruxelis e a corrompeu como uma espécie de vingança por ter sido banido ao reino dos mortos. Ver o mago Ancião sofrer, era algo excitante para o mago Negro. E agora ele estava prestes a nos atrair para sua armadilha e obter as pedras dos quatro deuses antigos para seu propósito final: quebrar o elo do mundo físico e espiritual e trazer o caos para nosso Reino e quem sabe para outras terras, em outras dimensões ou mundos... Tudo estava saindo conforme o seu plano.




Ass: Saíres


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários