Capítulo 7: O exército dos malditos

1/19/2016 08:35:00 AM

Com o aprisionamento do Destruidor pelo Mago Negro, ele logo autoproclama-se o novo deus do mundo dos mortos. Agora ele tinha tudo que sempre desejou, e faltava poucos passos para que fosse alcançado a glória eterna da concretização de seus planos. Era a hora dos mortos reverenciarem seu novo mestre. Ao segurar a Lança da Morte, erguendo-a para cima, e esperando que todos que prestigiavam sua "festa", se ajoelhassem diante de seu poder e ira, eis que ele percebe a trama maior, a própria traição daquele que prometeu ajudá-lhe: a lança é falsa, e isso não lhe dá domínio absoluto no reino dos mortos.

Completamente enfurecido, o Mago Negro dirigi-se ao local onde mantém aprisionado o Destruidor, que não ofereceu-lhe tanta resistência. Ele devia ter logo suspeitado que não havia poderes naquele ser outrora temido. Sem ao menos oferecer a chance do Destruidor se explicar, o Mago Negro lança parte do seu grandioso poder em seu inimigo, deixando-o literalmente a beira da "morte", que o Destruidor iria experimentar pela primeira e única vez. 

"Não vou implorar perdão, pois castigo melhor será dado a você, caro Mago. Aguarde..."

"Estúpido!", disse o Mago Negro, que ao sair da prisão, e mesmo sem possuir o poder da lança da morte, encontra novos servos ou espíritos atormentados e indignados com os castigos dados ao Destruidor diante de suas almas. Assim que souberam da queda do antigo mestre, prestaram-lhe reverência ao novo, jurando servidão eterna. 

Espíritos mais fortes e mais preciosos magicamente aos planos do Mago Negro, permaneciam ocultos nas terras ainda desconhecidas do seu novo mestre. Seria uma questão de tempo até, por meio do sofrimento, tornar-lhes novos servos de seu mais novo exército de malditos seres, que agora, utilizavam a Ponte dos Espíritos para marcharem rumo a Mystic e as outros reinos, anunciando uma Nova Era.

Mago Negro apenas abriu o Livro do Conhecimento e começou a folheá-lo. O grande plano traçado estava sendo executado e tudo seria questão de dias, até que fosse possível atrair os quatros jovens entes mágicos ao mundo dos mortos, local que com certeza, ele gozava de mais poderes, e assim, roubaria as pedras dos deuses antigos por bem ou por mal...

E assim, o universo seria extinto quando o Mago Negro obtivesse o poder dado as pedras ao seu possuidor. 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários