Capítulo 9: Contos da escuridão de um coração

4/16/2016 09:49:00 AM

Venha, minha doce melodia infestar minha mente!
Venha, lembranças destruídas, pedaços de minha vida...

Eu estou cansado de tentar consertar suas mentiras
Parece que o mundo deve girar ao teu redor
Eu quero gritar “Eu não sou seu escravo!”
Parece que sou um brinquedo em suas mãos

Eu gostaria de brincar com cada sombra
Eu cantaria minha triste canção até o fim dos tempos
Eu rezaria para que ninguém chore minha morte

Contos da escuridão de um coração
Apenas me deixe sussurrar lentamente
Você me mata com seus beijos
Contos da escuridão de um coração
O bobo garoto está queimando sua alma
Enquanto você continua a respirar

Pare de violar meus inocentes sonhos todo o tempo
Pare de dizer que eu sou importante em sua vida

Sou um filho adotivo da vida!

Será que você não vê?
No final, os dois lados sofrem
As cartas na manga hão de queimar sua pele
E as lágrimas ofuscarão sua realidade

Eu permanecerei aqui esperando o conforto que não vem
Eu apenas espero o perdão de minhas culpas
Palavras não salvarão o bem consumido por você
É inútil decifrar a alma humana

Eu permanecerei afogado nesse rio negro
Eu apenas me rendi a magia do teu encanto
Oh medo! Tu que és rodeado de palavras e mentiras
Como uma doença a me consumir

É inútil ver o verme que eu me torno por você!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários