Tag: Desafio 12 meses de Poe (julho)

7/25/2016 06:29:00 AM

Resultado de imagem para conto revelação mesmeriana

Oi amores. O mês de hoje eu escolhi mais um poema de Poe não muito conhecido do publico: se chama Queen of May Ode (talvez fora dedicado a Harriet Virginia Scott). Publicado em 1836.

Este fragmento foi atribuído primeiro a Poe por James H. Whitty, que o publicou na segunda edição de suas obra de poemas completos em Boston: Houghton Mifflin Company, 1917. Não há manuscrito sobrevivente, nem qualquer versão impressa durante a vida de Poe . (...) Atribui-se a inspiração ao poema a Harriet Virginia Scott, uma ex-estudante de Richmond, VA (mais tarde Sra Thomson, de Austin, TX). Ela pensou que o original continha quatro ou cinco estrofes. Infelizmente, só é capaz de se lembrar deste .(http://www.eapoe.org/works/poems/mayqodea.htm)

[[Queen of May Ode]]

Fairies guard the Queen of May,
Let her reign in Peace and Honor —
Every blessing be upon her;
May her future pathway lie,
All beneath a smiling sky.


Conheça mais sobre meu livro, clicando na imagem abaixo:


E é claro, fazendo referência ao texto lido, temos a poesia referente a este trabalho de Poe, retratado em meu livro "As mulheres de Poe"


Discurso de malditos apaixonados

(Para a Rainha de Maio)
Homem:
Tristeza maldita, me diga por que ela ainda chora?
Eu dei apenas o necessário, chega de lamúrias!

Mulher:
Achas que eu me contento com o pouco?
Eu o farei sangrar, eu juro!
E libertarei meu corpo de seu domínio

Homem:
Tristeza maldita, eis a mais linda dentre todas
Eu deixarei você consumir essa garota, chega de piedade!

Mulher:
Meu corpo padece em meu leito
Eu clamo! Eu libertarei meu corpo de seu domínio!

Almas penosas em um coro nefasto
Cantam mais uma vez
A música para o renascimento da imortal senhora das sombras!
Forjada do sofrimento e das decepções amorosas
Sem crença, sem alma, vigilante de olhos negros como o corvo
Venham escravos! Ela é a sua nova rainha!

Homem:
Tristeza maldita, eu estou aos teus pés
Eu dei apenas o instrumento da sua morte
Chega de lamúrias!

Mulher:
Acha que me contento com o seu falso arrependimento?
Você comerá suas mentiras
No fim, eu libertarei meu corpo!

“As fadas protegem a Rainha de Maio,
Deixe seu reinado em paz e honra -
Todas as bênçãos estejam sobre ela;
O futuro de Maio é uma via mentirosa
Tudo sob um céu sorrindo.”






No blog da Anna Costa e no facebook oficial do projeto, o conto escolhido para ser discutido este mês foi  O Escaravelho de Ouro.
Anna Costa
Acompanhe a discussão coletiva das impressões da primeira obra de Poe neste ano de desafio de leitura ;)

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários