#Tag 12 meses de Poe (outubro)

10/28/2016 05:30:00 AM

Resultado de imagem para conto revelação mesmeriana

Oi amores. O conto deste mês é Berenice, publicado em uma revista literária por Poe no ano de 1835, e sendo classificado como do gênero horror. Trata-se da história de um homem cujo o nome é Egeu e que deseja fazer votos matrimoniais com sua amada Berenice, que está gravemente doente. Essa doença desconhecida, a consome por completo, restando-lhes ainda intacto, os dentes, objeto de obsessão de Egeu. Em um momento que no qual o protagonista não sabe a que mundo pertence, é despertado pelos gritos do criado, que avisa-lhes da violação do túmulo de sua amada. Contudo, lá está uma caixinha ao lado de Egeu, que contém os 32 dentes brancos de Berenice.

E é claro, fazendo referência ao texto lido, temos a poesia referente a este trabalho de Poe, retratado em meu livro "As mulheres de Poe"


Você vive em meu coração

(Para Berenice)
Escondido entre as sombras, te olhava
Tão linda como a pálida neve
Seus olhos de um brilho incomparável
Disputavam minhas memórias receosas.

Nada é para sempre, triste Berenice
Eu pensei que veria o Paraíso logo
Mas você esqueceu de mim.

O mundo gira e você agora agoniza
E aquela a quem eu amo, eu a temo
Suas vestes transparecem o esquelético ser
O brilho de antes desapareceu.

Nada é para sempre...

Você vive em meu coração, inocente alma que carrego
Na secreta caixa, o terrível segredo
Minha loucura e meu crime, eu violei o seu sono
Mas você vive em meu coração, a única coisa que me recordo
Da antiga vida desvairada, oh Berenice
Você foi minha loucura e meu crime, eu violei o seu sono.

“Levantas!
Meus companheiros me asseguravam que
Visitando o túmulo de minha amiga
Conseguiria, em parte, alívio para as minhas tristezas[1]”.




[1] Em negrito, trechos originais ou traduzidos de poemas ou contos de Poe.

Anna Costa

No blog da Anna Costa e no facebook oficial do projeto, o conto escolhido para ser discutido este mês foi  Berenice. Acompanhe a discussão coletiva das impressões da primeira obra de Poe neste ano de desafio de leitura ;)

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários