Retrospectiva Lady Black Raven 2016

12/28/2016 07:15:00 AM

Olá amores, tudo bem? Estamos nos aproximando do próximo ano, que espero melhoras na vida política e econômica do nosso país, bem como mais conquistas literárias e escritos poéticos também hahaha. Hoje é dia de relembrar os melhores acontecimentos que foram noticiados aqui, e que dizem respeito a minha vida literária e que também vocês fazem parte de todas as minhas conquistas. Compartilhar e relembrar esses momentos, me fortalecem na luta por sempre busca o melhor conteúdo, escrever as melhores histórias, e contribuir de forma positiva na vida de todos os leitores do blog Lady Black Raven. Então, mãos à obra;

Janeiro

O lançamento no dia 19 de janeiro de 2016, foi o resultado de inúmeros anos de poesias escritas em gavetas empoeiradas, em seus respectivos cadernos agora libertos e reprogramados para narrar a vida e obra poética de Edgar Allan Poe, bem como de suas musas reais e ficcionais que inspiraram o fazer literário daquele que é minha maior influência. Nada melhor do que homenageá-lo com um livro no dia de seu nascimento. Segue a matéria:

Sinopse: Mulheres enigmáticas, inocentes e doentes, muitas vezes levadas à força pelas garras da morte. Elas perturbam e abalam os corações de homens românticos que não conseguem se desligar ou desapegar da imagem daquelas que um dia foram suas musas e donas de seus corações sofridos e machucados pela dor da perda do ente amado. Essas "mulheres-anjas"tornaram-se espectros que assombram a vida dos personagens de Poe,e consequentemente, reflete a própria aflição do escritor. 

Elas lutam para permanecerem vivas na mente daqueles que, nos dias mais gloriosos de suas vidas, juraram amor eterno. Conheça as mulheres reais e ficcionais da vida de um dos grandes gênios do cenário da Literatura Universal.

Quem foi Edgar Allan Poe?  Uma das figuras mais importantes e enigmáticas da Literatura Americana, e especificamente do movimento literário denominado “Early Romanticism” (romantismo precoce), é o escritor, poeta, crítico literário Edgar Allan Poe. Sua vida fora um mister conturbado de problemas familiares, financeiros, vícios, amores, dores. Majestosas obras de arte surgiram da manipulação de suas palavras. Suas obras são lembradas pelo incrível e impressionante talento narrativo, que giram em torno da natureza humana, dando ênfase às alucinações, as mentes inquietas e febris, personagens neuróticos, obsessivos e fascinados pela morte, vocacionados para o crime, dominados por maldições hereditárias, que oscilam entre a lucidez e a loucura (estados mórbidos da mente, subconsciente). Os cenários são sombrios, repletos de elementos de morte e fatalidade (o fatalismo e mergulho no lado desconhecido da alma humana, revelando uma vivência pessoal que fez de Poe, um dos principais escritores da Literatura Universal).

Booktrailer: 
 
Onde comprarBookess Versão Impressa com frete grátis: 46, 53R$
                           Clube de Autores Versão Impressa sem frete: 32,89 R$
                           Agbook Versão Impressa sem frete: 32,89 R$ 
Fevereiro

Quem é fã da série Arquivo X com certeza ficou bastante excitado com o mês de janeiro. Nele, podemos conferir a 10ª temporada de umas das séries mais fodásticas em termos de ufologia. E no mês de fevereiro foi a vez de disponibilizar a resenha no meu blog, visto que eu adorooooo a série e não poderia deixar de compartilhar com vocês esse incrível momento.

Dia 26 de janeiro de 2016. meia-noite. Horário senão simbólico senão para uma grande estreia: a volta de uma das melhores séries ufológicas de todos os tempos: Arquivo X. Após os eventos anteriores, a verdade que o agente do FBI Fox Mulder tanto buscou, estava ligada ao "dia da invasão final dos alienígenas", que de acordo com os maias, seria o dia do início do apocalipse ou fim do mundo.

Relembre as antigas conspirações de Arquivo X neste ensaio:
CARACTERES56 CARACTERES 57Dois estudiosos e pesquisadores da ufologia res-saltam os aspectos positivos e negativos da sé...

Em 2016, Mulder e Dana Scully retornam ao Arquivo X, convictos de que a verdade não está mais lá fora (no espaço, em um campo de vista distante do homem), mas sim AQUI, tão presente e tão viva no convívio diário das pessoas que continuam ainda com vendas nos olhos e alegando que "tudo não passa de um efeito da visão" (como diria nosso amigo Padre Quevedo) ou que isso não passa de uma estratégia humana em depositar sua fé no fantástico e imaginável (porém real!).

S10E01 – My Struggle 
S10E02 – Founder’s Mutation 
Agora, usando engenharia reversa, o governo, maior manipulador do povo, da economia e das guerras, continua com o seu joguete. É nítido a intertextualidade com o acúmulo de revelações, afirmações, documentos e supostos eventos que estariam ligados à ficção, se não fossem oriundos de nossa realidade. Novamente, teias conspiratórias (estilo Illuminati) estão sendo traçadas, cujo o único objetivo é a aniquilação de parte "desmerecedora e não evoluída da humanidade".


S10E03 – Mulder and Scully Meet the Were-Monster 

Nossas ações cruéis e distorcidas devem ser responsabilidade de monstros que criamos para justificar tais crimes e sairmos impunes de tal situação? E quando um monstro resolve viver como um humano? Ele se torna um ser encaixado nos moldes sociais? O enfrentamento diário de dilemas humanos, de necessidades de sobrevivência, trabalho, alienação e solidão... Às vezes é preferível deixar de lado o "normal e confuso" ser humano e assumir a sua natureza "anormal e monstruosa". 


Resultado de imagem para arquivo x trashman
S10E04 – Home Again 

As pessoas tratam-se como lixos! Neste episódio o mito dos budistas tibetanos chamado de TULPA é a marca clássica de episódios de lendas urbanas da série. O Tulpa é o resultado da forma de pensar da mente humana ( o corpo manifesta desejo transferido ao tulpa). Além disso, Scully perde a mãe e reconhece que sua ligação com o seu filho William, entregue a um lar adotivo par escapar das conspirações, deve ser refeito.

"E eu quero acreditar que nós não o tratamos (William) como lixo" diz Dana a Mulder no final do episódio.

S10E05 – Babylon 

Poderia ser um episódio esteriótipo de que todo islâmico pode carregar uma bomba e explodir tudo em nome de sua fé ou crença mal interpretada: contudo, o episódio fala sobre Deus, mistérios (em um ponto no qual a vida e a morte estão conectados), mártires do mundo moderno, o poder da indução, linguagens que deveriam se basear em um único sincretismo: o AMOR. Temos um flash do Canceroso chicoteando Mulder; de uma mãe chorando pelo seu filho que está queimado e mutilado por explodir uma bomba; de uma propaganda de ódio aos diferentes; o nosso querido trio "Os pistoleiros solitários"; e a maior lição de todas: SOMOS SERES HUMANOS E POR MAIS QUE HAJA DIFERENÇAS, A NOSSA ESSÊNCIA É A MESMA E É AÍ ONDE RESIDE A VERDADEIRA PAZ, RESPEITO E CONVIVÊNCIA SINCRÉTICA DO SER HUMANO!

Eu estava cansada e não assistir ao último episódio. Confessei meu crime. Mas hoje a noite será exibido na FOX BRASIL o episódio 6, dublado a partir das 22:30 h.

Então ficarei devendo minhas impressões finais :)


Aproximadamente 22 horas. Era pra eu ter postado há um bocado de tempo. Não resisti e assisti ao episódio em inglês sem legenda, apesar de ter entendido a história, mas não contextos específicos. E um temporal que caiu aqui na minha cidade vai deixar meus planos de assistir ao episódio dublado pra uma outra hora. Mas já tenho as minhas impressões:


O mundo já não é mais nosso. Disso tenha certeza. O sexto episódio (season finale) começa com uma retrospectiva de Scully sobre tudo que vivenciou no Arquivo X, especialmente de como sua fé e crença foram testadas. No clipe, a frase This is the end, anuncia o fim para parte dos cidadãos americanos que estão sendo vitimados por um vírus biológico, no qual, a única salvação será a vacina desenvolvida por Scully a partir de seu dna alienígena, que a torna imunde de tal vírus. Como sempre, este é mais plano de Canceroso e sua corja de superiores. Anunciando a Mulder que ele será o novo Criador de um novo Mundo, Canceroso faz um convite a Mulder para que pertença a sua nova gêneses. No final, uma nave alienígena, (que para mim, parece ser a do governo, baseada em engenharia reversa), abduzirá Mulder e Scully.

É o fim para a raça humana? O fim da verdade? Ou a continuação da vida, provando que o ser humano é uma espécie adaptável?

Final digno e que deixa água na boca. Só espero estar viva para assistir a 11ª temporada. Por favor, FOX, não demore tanto tempo para nos presentear com Arquivo X!



Março

Eu amo escrever em forma de diários, as vivências de protagonistas de meus romances. Inaugurei o Diário da Sacerdotisa Justine em março, e dei uma paradinha devido a certos compromissos. Contudo em 2017, ele deve retornar com força total. Confira por enquanto os capítulos já disponíveis:




Abril

Os livros Diário da Mãe-Corvo e As mulheres de Poe foram também destaque na capa da revista literária Bookaholic graças a competência da parceira Roberta Costas, que sempre divulga meus trabalhos literários. Confira a matéria:


MaioMatérias da mais variadas com focos reflexivos da literatura influenciado nossas vidas e especialmente divulgando os escritores nacionais, que encontram nesta revista um local amplo e dinâmico para discussões e divulgações de seus trabalhos literários. E que felicidade está sendo em minha vida, de ver a resenha de meu livro Diário da Mãe-Corvo nesta segunda edição. Agradeço do fundo do meu coração a parceira do meu blog, a querida Roberta Costa, por ajudar a divulgar meu livro. Acesse também o blog da parceira da Lady e conheça as atividades desenvolvidas pela Roberta:

http://livrosdabeta.blogspot.com.br/

A resenha do meu livro está na pagina 33. Você pode ler gratuitamente através do link a seguir
https://issuu.com/revistageracaobookaholic/docs/geracao_bookaholic_-_edicao_02



Para mais informações e colaborações entre em contato através do blog e do facebook oficial da revista

http://geracaobookaholic.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/GeracaoBookaholic/timeline?ref=page_internal

Maio
A morte da cantora Aleah deixou o mundo do metal bastante triste. Todos sabem de meu gosto musical e do quanto eu gosto de compartilhar as boas e infelizmente as tristes notícias daquele que considero o melhor estilo musical do mundo \m/  \m/  \m/


Aleah
Conheci o vocal sussurrado e angélico desta cantora sul-afriacana (naturalizada sueca) Aleah Starbridge através da banda de doom metal que ela fez parte chamada Trees of Eternity. Todos sabem que tenho um fascínio extremo pelo gothic e doom metal e amo pesquisar bandas "desconhecidas" diante do que a mídia apresenta, mas ao mesmo tempo, de carreira já construída há bastante tempo. E dentre minhas pesquisas para meu antigo blog, deparei-em com esta banda e esta excelente cantora:
Trees of Eternity é uma colaboração musical entre o guitarrista finlandês Juha Raivio (Swallow the Sun) e a cantora Aleah formada em 2009. Sua música é muitas vezes descrita como down-tempo, doom / melancólica inspirada no death metal com vocais femininos fantasmagóricas.
Em abril de 2016, Aleah Stanbridge morreu de câncer. O destino da banda agora é incerto. 
Juha também está planejando lançar algumas músicas solos de Aheah. Vi também manifestações de solidariedade no facebook da banda Draconia e através da página da vocalista Heike Langhans da banda já mencionada:
Redes sociais da banda
http://www.myspace.com/treesofeternityofficial
http://www.youtube.com/user/treesofeternity
http://www.last.fm/music/Trees+Of+Eternity


















E minha pequena homenagem a essa linda artista, só poderia ser em forma de poesia. Tenho certeza que sua voz estará no coro dos anjos do céu e sua estrela guiará todos nós!

Beleza da Rosa Negra

Não olhe para trás, minha alma
Porque você verá somente medo
Não viaje sob o rio
Porque de lá, você não voltará

Eu acreditei no brilho do sol
Quando meus dias eram escuros
Eu acreditei na beleza da rosa negra
Quando você disse "Adeus!"

Agora, no outro lado, eu espero
Um barco para atravessar o rio
Agora de alguma forma aceito
Uma nova vida para mim

Além das estrelas, recente rosa negra acordada
Do laço mágico de uma vida deixada para trás
Um pouco ais viva, um pouco mais morta
Eu acredito em você!

Junho

Não posso deixar de destacar o projeto literário do qual fiz parte durante um ano e foi desenvolvida pela querida Anna Costa: #12mesesdePoe. Falar e conhecer ainda mais as pessoas que curtem Poe é sempre um privilégio e este projeto foi grande destaque aqui no meu blog e não poderia passar despercebido;

Resultado de imagem para conto revelação mesmeriana



Olá, pessoas!
Neste mês não estou seguindo o conto do desafio. Resolvi  modificar em alguns meses, acrescentando algumas poesias, trabalhos esses de pouco conhecimento do público:

Eulalie - Poem by Edgar Allan Poe

I dwelt alone
In a world of moan,
And my soul was a stagnant tide,
Till the fair and gentle Eulalie became my blushing bride-
Till the yellow-haired young Eulalie became my smiling bride.

Ah, less- less bright
The stars of the night
Than the eyes of the radiant girl!
That the vapor can make
With the moon-tints of purple and pearl,
Can vie with the modest Eulalie's most unregarded curl-
Can compare with the bright-eyed Eulalie's most humble and careless
curl.

Now Doubt- now Pain
Come never again,
For her soul gives me sigh for sigh,
And all day long
Shines, bright and strong,
Astarte within the sky,
While ever to her dear Eulalie upturns her matron eye-
While ever to her young Eulalie upturns her violet eye. 

É um dos poemas menos conhecidos, mas mesmo assim bem elaborados, escrito em 1843 e foi publicado em 1845: a história é sobre um rapaz que em seu casamento supera a dor da tristeza de sua vida.


Conheça mais sobre meu livro, clicando na imagem abaixo:


E é claro, fazendo referência ao texto lido, temos a poesia referente a este trabalho de Poe, retratado em meu livro "As mulheres de Poe"

Enterrado na lama

(Para Eulalie)
“Eu morava sozinho
Em um mundo de gemido,
E a minha alma era uma maré estagnada
Até Eulalie (...) torna-se a minha noiva (...)”

É esse o meu momento triunfante?
Quando os laços de família são desfeitos,
E a fé parece um grão de areia para você?
Perdendo o bem mais valioso
Você precisa saber qual é a direção?

É esse o meu momento triunfante?
Estou sentido a felicidade sendo enterrada na lama
O inferno que você construiu com suas mãos
Quando aceitou ouvir a voz interior
Um crime contra a vida!

Eu não tive opção
Não aguento mais ficar sozinho
Minha mente ouve o mesmo sermão de antes
As pessoas que mais amo foram embora
E eu odeio a vida por fazer isso comigo
Eu prefiro o tormento eterno
(Oh, como eu prefiro!)
Do que essa vida fajuta!

Quero descer ao fundo do poço
Andar sob as chamas, beijar a morte
Todo dia eu te chamo, todo dia eu reclamo
Lança tua foice em meu coração
Eu sou o seu prêmio mais valioso
Pegue o que sobrou e mergulhe na lama
De meus pecados contra o bem maior

Quero descer ao fundo do poço
Andar sob os espinhos, beijar a noite
E nas suas sombras para sempre me esconder
Eu já não amo a esperança
Todos me abandonaram
Deixaram eu cair mil vezes em tentação!



No blog da Anna Costa e no facebook oficial do projeto, o conto escolhido para ser discutido este mês foi O ENTERRO PREMATURO:

Anna Costa
Acompanhe a discussão coletiva das impressões da primeira obra de Poe neste ano de desafio de leitura ;)

Julho

Certificado de Participação Conquistado e felicidade em dobro com a notícia da aprovação do mestrado hahaha


Agosto

Não poderia deixar de ter uma poesia feita por mim, né? Esta foi selecionada para a composição de um livro especial e gratuito dedicado aos meus leitores e intitulado "Desejos Obscuros". Fique atento as novidades do blog \m/

Resultado de imagem para amor morto


Homem: Quando o amor tropeça e morre
                Não há lágrimas nesse funeral
                 Pois assim quisestes que terminasse

                  Quando o amor tropeça e morre
                     Todos dizem adora-te mais que tudo
                         Até que se venha o fim do mundo


Mulher: Não me parece ser tão soberano
              Não me parece ser tão infinito assim


Homem e Mulher: Pois nós somos filhos das sombras de um passado melancólico
                               De traições e da lama fomos criados apenas para morrer
                               Apenas para morrer
                               Pois nós somos filhos do Éden derrotado e desaparecido
                               De mentiras como pura serpentina na avenida de um carnaval
                               Fomos deixados para morrer

Homem: Quando o amor tropeça e morre
                Eu engulo o choro mais uma vez
                 Pois sei o quão infeliz é estar sem você


Mulher: Não me parece ser tão soberano
              Não me parece ser tão infinito assim

Setembro

Este livro representa sete anos de estudo e formulação da trilogia que o compõe: Black Wings foi lançado em 29 de setembro de 2016, data esta de meu aniversário de 30 anos. Estou velhinha rsrs

 
Sinopse: 

Uma jovem garota chamada Ávila Kurts, juntamente com sua família, se mudam para uma pacata cidade chamada Coldland, no condado de Koochiching, nos Estados Unidos. O seu pai, John, fora nomeado xerife da mesma cidade. A mudança significa uma oportunidade de reconstruir sua vida e deixar de uma vez por todas, os fantasmas do passado.

Mas nem sempre é tão fácil reconstruir a vida... Como se não bastasse os problemas familiares com sua mãe, Alexia Von, e com sua irmã casula, Tessy, ainda por cima, despertara o ciúme e a inveja de uma patricinha mimada e egoísta chamada Kate White, que decide infernizar sua vida. Contudo, ao conhecer a extrovertida Lili Curteeman, uma amizade verdadeira vem salvar sua alma de seus mais intrínsecos tormentos.

A verdadeira mudança ocorre a partir do momento em que conhece um misterioso rapaz na parada de ônibus, milagrosamente se salva de uma morte eminente em um acidente de ônibus, e depois de tal evento, se vê ligada a acontecimentos estranhos (muitos deles ligados a morte), desde que decide investigar a identidade do desconhecido Ullieh.



Onde comprar Clube de Autores Versão Impressa sem frete: 47,08 R$
                           Agbook Versão Impressa sem frete: 47,08 R$
                            Bookess Versão Impressa com frete grátis: 62,86 R$

Outubro

E é com grande prazer e pela primeira vez em um blog brasileiro, que a banda Cellar Darling concede entrevista para o blog Lady Black Raven. Para mim é uma honra poder divulgar o incrível trabalho de músicos que acompanho há anos e que tenho certeza que sua competência deixará ainda mais marcas no cenário atual da música folk.

A banda Cellar Darling, originária da Suiça, é o novo projeto de Anna Murphy (voz, sanfona), Merlin Sutter (bateria) e Ivo Henzi (guitarra & baixo), antigos membros da banda Eluveitie, que agora nos iluminam rumo ao som de um autêntico de um folk-metal que vai com certeza conquistar seu coração. 

Rápida Biografia: Anna Murphy, Merlin Sutter (bateria) e Ivo Henzi (guitarras) fizeram uma turnê pelo mundo por mais de uma década como membros da banda suíça Eluveitie, formando um vínculo que se mostrou mais forte do que qualquer adversidade; ao saírem do Eluveitie em 2016 uma nova banda nasce: 'Cellar Darling'.Os três músicos estão escrevendo música nova, e estão retornando ao palco antes do final do ano:
Picture
Vamos as perguntas:

1- Explique como surgiu o nome da banda Cellar Darling? Há uma relação com o álbum da Anna Murphy lançado em 2013? Reflete um sonho antigo de uma nova identidade musical?

Anna: Sim, existe, mas há um fundo diferente. Tínhamos ideias diferentes para os nomes da banda e Cellar Darling sempre foi um dos nossos favoritos. Tem um "anel" agradável a ele e também um significado mais profundo. Mantivemos muitas idéias escondidas nos últimos anos, porque não havia tempo e espaço para realizá-las. Isso mudou e o que estava escondido pode ser trazido à luz agora.

2-Qual seria o gênero musical que poderíamos classificar o Cellar Darling?
Ivo: Se tivéssemos que classificar, nós chamaríamos algo como "metal épico e melódico rock com influências folclóricas".

3-Como foi os preparativos das primeiras composições musicais da banda, que compõe os singles já lançados? O que influenciou a banda na escrita das letras e na melodia dos sons?
Ivo: Todo o processo de composição normalmente começa com uma idéia de música de um de nós. Com "Challenge", por exemplo, Anna veio com uma idéia para as melodias / harmonias e letras. Depois de gravar uma demo básica, todos nós começamos a trabalhar juntos,  interferirindo com a música e coletando idéias. Eu adicionei algumas guitarra e baixo, Merlin trabalhou na bateria até que tudo pareceu certo. Todos nós temos muitas influências musicais, todos nós amamos heavy metal, metal épico e melódico, então eu diria que todo esse processo acontece naturalmente.

4-Há algum traço característico pessoal/musical de cada membro do Cellar Darling que era marca presente na atuação de vocês na época de sua ex-banda Eluveitie? Há algo musicalmente que sofre uma transformação neste novo caminho musical?
Anna: Não tem certeza do que quer dizer com isso, mas eu acho que você está perguntando se o nosso som que era uma marca registrada que fazia parte do Eluveitie e fará parte do Cellar Darling? Bem, sim, com certeza. Ivo escreveu muitos riffs do Eluveitie e seu tom de guitarra preciso e pesado foi uma parte grande e essencial da banda, a minha voz e a bateria de Merlin também é algo único e insubstituível. O que é óbvio, porém, nenhum músico pode realmente ser substituído. Exceto se ele "suga" ou ele não está realmente tocando.

5-Pelos comentários vistos nas redes sociais da banda, o público realmente gostou dos singles Challenge e Fire, wind and Earth. Vocês esperavam essa rápida reação do público?
Ivo: Antes do lançamento, sabíamos que criamos duas boas músicas e ficamos felizes e orgulhosos de nós mesmos, pelo o que conseguimos em tão pouco tempo. No entanto, fomos surpreendidos por todas as reações positivas e apoio após o lançamento, nunca esperávamos que fosse tão bom. Isso nos mostrou que estamos no caminho certo.

6- Tem previsão para lançamento do primeiro álbum completo ? Já escolheram o nome ou como será a arte da capa?
Ivo: Nós planejamos lançar nosso álbum full-length em 2017, mas ainda não temos data de lançamento, nome ou capa. Incluirá músicas mais pesadas, mas também mais suaves (e também uma faixa acústica). As duas canções lançadas já são boas provocações, mas você pode esperar algumas surpresas também.
7- Estão excitados para dividir o palco com Anneke Van Giesbergen e a banda The Gentle Storm? Já tem alguma turnê agendada para 2017?
Anna: Absolutamente! Anneke é uma pessoa incrível e eu olho para ela muito. Eu viajei com ela antes com meu material solo e tive o melhor momento de abertura por ela.

Ivo: Estamos muito ansiosos por esse show! É muito emocionante tocar com um dos nossos primeiros shows em um local tão agradável, com tal artista talentosa e banda. Estamos gratos por esta oportunidade e não podemos esperar para apresentar a nossa música ao vivo, no palco.

Merlin: Anneke e seu gerente e marido Rob estavam entre as primeiras pessoas a apoiar Cellar Darling, oferecendo-nos este show. O que nós realmente apreciamos, então este será um show especial com certeza!

8- Challenge foi definido como uma batalha contra você mesmo e contra o mundo. Que batalha atual você está enfrentando e gostaria de vencê-la?
Merlin: Para mim, eu vejo todo o lançamento do Cellar Darling como uma batalha - embora seja de uma forma positiva. Estamos rumo a fora para conquistar o mundo, e não vamos nos contentar com menos!

Anna: Atualmente? Estou em Nova York visitando os meus pais e estou tentando lutar contra a comida, comendo muito sem ganhar peso. Mas eu não acho que está funcionando.

9- Como surgiu o convite para que a atriz Fabienne Fellman participasse do vídeo Challenge?
Anna:Fabienne é uma das minhas melhores amigas. Eu sempre soube que ela é muito talentosa no que ela faz (ela é uma atriz profissional e foi para a escola de atuação, etc), mas nunca vi ela viver em ação antes de fazer este vídeo. Isso mostrou que ela era perfeita para o trabalho e espero que possamos trabalhar com ela novamente algum dia.

Merlin: Fabienne realmente fez um excelente trabalho. Como você pode ver nos créditos, esse vídeo é muito um projeto DIY - nós fizemos tudo nós mesmos, de dirigir à videografia. Tudo dependia do desempenho da atriz, e todos nós fomos surpreendidos por seu talento natural!

10- Qual seria a mensagem que a banda pretende ecoar no mundo musical?
Anna: Eu tenho muitas mensagens subconscientemente, eu realmente não posso realmente nomeá-las ainda. Acho que a principal coisa que quero transmitir às pessoas é viver sua vida ao máximo e parar de pensar demais. Isso é o que estamos fazendo com nossa música, estamos apenas escrevendo o que quer que venha a nossa mente e estamos criando uma mistura muito eclética com essa mentalidade. Acho que as pessoas poderiam desfrutar de música muito mais se eles parassem de definir e categorizar tanto.

11- Há alguma pergunta que não foi feita mas você gostaria de ter respondido?
Anna: Eu acho que uma boa introdução para a nossa banda, e você definitivamente vai ouvir mais de nós algum dia :-)

12- Deixe uma mensagem para os fãs brasileiros:
Agradecemos todo o apoio que recebemos dos fãs brasileiros! Toda vez que  nós estivemos em seu país, tivemos bons  shows e uma multidão maluca, portanto, nós não podemos esperar para retornar logo com o Cellar Darling.  Oh, e nós amamos as Churrascarias!

Muito obrigado pela entrevista e desejo boa sorte na longa trajetória musical do Cellar Darling!

Para mais informações

http://www.cellardarling.com/

Novembro

Outro mundo que amo de paixão são os animes japoneses. Apesar do pouco tempo, finalizei a resenha do anime Angel Sactuary.

Resultado de imagem para angel sanctuaryO anime começa com uma referência a personagem Lilith, que tornou-se conhecida por meio da tradição judaica que afirma que a mesma teria sido a primeira esposa de Adão. Contudo, seu nome é referenciado em contos sumérios, no Alfabeto Ben Sira, Zohar, bem antes de aparecer no Tamulde. Deixando de lado as discussões históricas, o fato é que alguém deseja que o Anjo Orgânico Alexiel tome a mesma atitude de Lilith: rebele-se contra o Criador:

“A primeira esposa de Adão, Lilith, era uma mulher de livre-ser que tornou-se esposa do demônio. Tu está prestes a repetir os feitos malignos dela”.
Os Anjos Orgânicos são definidos como nem deuses, nem humanos. Fazendo alusão a um símbolo atribuído a Lilith, Alexiel surge sob a sombra de uma lua de sangue. Alexiel Sama, um anjo orgânico é libertado, após anos isolado por uma forte magia. O corpo agora anseia o espírito, que está reencarnado em um garoto chamado Setsuma ou Aninki.

É contado que em uma guerra celestial e cósmica, o corpo de Alexiel fora dividido de seu espírito e como punição de sua transgressão, Alexiel deveria reencarnar e sofrer de todos os tipos de dores em cada vida. 

Aniki, reencarnação de Alexiel agora, tem uma irmã gêmea, por quem nutre sentimentos de desejos carnais. Sempre estar a pedir a Deus que impeça esse sentimento impuro tomar de contar do coração imaculado de sua irmã. Tal relação lembra a mesma que o irmão gêmeo do Anjo Alexiel tinha no passado. Rosiel, tal anjo, pretende impedir que sua irmã desperte e tenta a todo custo matar Aniki. 
Descobrindo que a fraqueza do garoto é Sara, o Anjo usa de todo a sua artimanha para matá-lo. Em um desses momentos, um poder, que não é nem escuridão, nem luz, surge: é o Santo Ermitão Adam Kadaman, lendária energia cósmica que salva os irmãos apaixonados.
Resultado de imagem para angel sanctuary
Lembrando que Adam Kadaman é um ser andrógino, que precederia o Adão, primeiro homem da face da Terra. Ele é elemento inerente de tradições cabalísticas, cuja a nota de rodapé no anime explica:

“Na Cabala, é o ser andrógino representando a humanidade primordial e o primeiro reflexo de Deus. Ele está ligado a Sephiroth”.
*sephiroth pode ser contagem ou números para os hebreus, como também na Cabala (que é a ótica do anime) faz parte das “dez emanações de Ain Soph (Todo poderoso da Cabala). A árvore da vida teria sido formada pelas emanações do Sephiroth, representando o Pleroma (natureza divina)” (Fonte WIKIPEDIA).
Conta-se um pouco da história desse Anjo Orgânico Alexiel. Em um repousar de Deus, uma espécie de cessar fogo entre Anjos e Demônios foi quebrado. Ao notar a corrupção dos Anjos, que usam toda a violência e luxúria que habitava nos corações desses antigos anjos virtuosos, que agora focavam-se no ato de dominar e matar os demônios da Gehenna, Alexiel declara guerra contra os céus. 

Interrompe-se essa história para a cena da recuperação de Sara, após a tentativa de morte por meios dos Golens de Rosiel. No quarto, enquanto dormia, Aninki Setsuma beija a irmã, o que gera a revolta da mãe aos flagrá-los. Declarando o seu amor por Aninki, o mesmo não deseja que sua irmã sofra ainda mais. E para isso, mente sobre as suas intenções, mostrando como um perfeito sedutor e aproveitador. Isso faz com que o coração de Sara fique aos pedaços.

É revelado no final do episódio número 01, que o Anjo Katan foi quem libertou Rosiel, para usá-lo na finalidade de que o mesmo matasse Alexiel, sendo pois, um plano perfeito para “salvar o Paraíso”.
Dando continuidade, mostra-se que desde que os pais de Sara e Setsuma se separaram, em virtude dos sentimentos estranhos do irmão em relação a sua irmã que era notado pela mãe, Sara é mantida em uma escola religiosa para moças. Com a crescente ameaça dos sentimentos do irmão a consumi-la, a mãe não vê outra opção a não ser leva-la para outro país.

Kira, que é o colega de escola de Aninki ( e é na verdade um coletor de sangue, ou seja, o espírito da espada de Alexiel) tenta fazer com que Aniki não se sinta uma aberração, por amar sua irmã. O mesmo fora flagrado pelos colegas, que fotografaram os irmãos aos beijos e espalharam vários cartazes na escola. Contudo, isso é mais um plano de Rosiel, para agora, despertar a irmã e fazê-la jurar-lhe fidelidade  e amor.
Resultado de imagem para angel sanctuary
Quando Rosiel mata Kira, o amigo que sempre defendeu Aniki (em virtude de nutrir sentimentos de amor pelo rapaz), acaba despertando Alexiel e toda a sua fúria. Na luta, Aninki Setsuma acaba matando Kato, seu colega de escola (que implicava e batia nele) que estava possuído por Rosiel. O que Aniki não sabe é que Kira sempre ressuscita porque é imortal, já que o mesmo possui um pouco do sangue de Rosiel, espirrado em seu peito. 

Ao tentar impedir que sua irmã vá embora Aniki vai ao aeroporto, e a polícia o segue com a intenção de prendê-lo sob a acusação de ter matado Kato, visto que os dois tiveram uma discussão antes da morte do rapaz. Kira confessa que foi ele que matou Kato, fazendo com que Aniki Setsuma seja libertado e assim, possa fugir com sua irmã, pois ambos revelam seus sentimentos reais. 

Um tipo de demônios que sempre desejavam o renascer de Alexiel, compreende que ela, nesta reencarnação não queria ser despertada pois pela primeira vez, terá a concretização afetiva de um sentimento amorosa, que não lhes fora permitido em virtude o ciclo repetido de reencarnações punitivas.

Sara e Aniki fogem para um lugar onde ninguém os conheçam! E assim finaliza o episódio 02.

Logo no início do último episódio do anime, Sara e Aniki transam. Isso gera a fúria de Rosiel, pois no corpo de Aniki está a reencarnação de sua irmã, o Anjo orgânico Alexiel, ser por quem Rosiel deseja acima de tudo. Os dois irmãos, fazem votos de união matrimonial, do jeito deles. E decidem retornar a Tóquio para livrar Kira da prisão. Na volta, Katan, o anjo que ajudou a libertar Rosiel, com o intuito de matar Aniki, acaba ferindo gravemente Sara, e a mesma morre nos braços do irmão-amante. Na prisão, Kira sente que a vida de Sara se foi. Não tendo consciência do seu ato, Katan acaba influenciando na ressureição de Alexiel em seu nível máximo e com isso, a aniquilação de Tóquio. 

Aproveitando-se do momento de fragilidade de Aniki/Alexiel, Rosiel tenta induzi-lo a matar Kira pois culpa o retorno para livrá-lo da prisão como a causa da morte de Sara, já que o mesmo não passa da reencarnação de uma espada que sempre anseia sangue, e que espetáculo sanguinário maior do que a aniquilação de Tóquio. Contudo, Aniki/Alexiel não se deixa enganar por Rosiel, e acaba o matando.
O Seraphita Adam Kadamon aparece e restaura Tóquio, já que ele é o único que pode manipular magia temporal. Adam revela que Aniki/Alexiel é o “Salvador” que eles esperavam. Para que tudo seja encerrado e Tóquio volte ao normal, pede que Alexiel se entregue. E assim ordena a Kira que mate Aniki, que aceita, pois assim como Orpheu, que foi ao Hades resgatar sua amada esposa-irmã, ele faria por Sara, que estava no sub-mundo, ou seja, no Hades. 

Fica subentendido que Aniki retornará ao mundo para reconstruir uma nova gênesis.
Resultado de imagem para angel sanctuary
Depois que sobe os créditos, mostra o nascimento de uma criança, na qual as empregadas do bebê querem impedir que alguém o leve. Este alguém revela-se como a figura de Rosiel e não é explicado quem é a criança. Aparece a mensagem: GAME OVER OR CONTINUE???


Revelo que muitas discussões vão ficar em aberto neste anime, que é apenas uma parte mínima de 20 mangás de mesmo titulo e que com certeza explora com mais riquezas de detalhe a trama exposta.

Dezembro

O meu projeto Literatura e Música, em forma de revista, também foi parte marcante do mês de 2016.

Obrigado por estar comigo nesta retrospectiva e aguarde as novidades para 2017 *-*

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários