Promessas

3/18/2017 12:50:00 PM

**poesia proibida para menores de 18 anos

Eu poderia selar sua morte com um beijo?
Eu poderia por um fim ao seu último desejo?
O que aconteceu com o seu romantismo doentio?
Aquela garota ainda existe?

Eu poderia cantar meus guturais para afastar a ira
Eu poderia ler um livro e aprender que o mundo gira
O que aconteceu com a mágica deste olhar?
Aquela garota ainda existe?

Não importa o infortúnio do conformismo
Não importa a promessa de retroceder
Esse destino já foi selado (coração quebrado)
Essa mente destruída (sou mais um pedaço)
Eu vou foder de uma maneira que você nunca viu!

Eu poderia provar que a razão vale mais que a emoção
Eu poderia apertar os cintos e buscar mais ação
O que aconteceu com o seu romantismo doentio?
Aquela garota ainda existe?

Eu poderia usar uma camisa de forças por você
Eu poderia estralar os dedos e realmente desaparecer
O que realmente aconteceu com a mágica desse olhar
Devo parar e pensa se aquela garota ainda existe!

Não importa...

Me use (de toda as prostitutas, eu sou a melhor!)
Me use (eu sou a verdadeira promessa )
Me use (brinque e receba a recompensa ao sair)
Me use (como um enigma ilusório, doce mentira)

Não importa o infortúnio da sobrevivência
Não importa a promessa de reviver
Esse destino como fel me tornou mestre (coração quebrado)
Essa mente destroçada (sou mais um pedaço)

Eu vou foder com o mundo de uma maneira que você nunca viu!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários