A foto

1/05/2018 09:11:00 AM

Resultado de imagem para a foto

O outro: A borracha não apaga o passado
Tão fixo em minha mente como a morte
Por isso eu lanço os dados na mesa
Escolho as fichas e sorrio
Enquanto você baila feliz, radiante

Mulher: E eu me permito voar
Na fantasia cor de rosa escolhida
Esquecendo o espelho quebrado
E mil lágrimas derramadas
Você foi o único que amei

O outro: Não é fácil dizer quem sou para você se livrar deste drama?
Baby, eu nunca fui o bilhete de sorte para você

O outro e a mulher: As correntes quebradas e arrastadas pelos colegas da colina vermelha
Nesta noite de celebração, uma alma vive e outra morre, esta é a vida
Em círculos contínuos e complexos que vivemos trancafiados e trapaceando
Ninguém responde pelo certo ou errado
A foto tirada captura o momento mais sombrio de nossas almas
A foto tirada esconde e revela o momento mais sombrio de nossas almas
Eu não quero ser o responsável
Não por hoje
Sem arrependimentos!

Mulher: E eu me permito enxergar
Que a linha é mais fina do que eu pensei
Esquecendo a confusão do êxtase
E mil vezes vomitando minhas angústias
Você foi o único que odiei

O outro: A borracha não apaga o passado
Eu não ofereci esperanças em beijos reconfortantes?
Por isso eu lanço os dados na mesa
É a vez de você testar o me humor
Não percebe que a realidade é quebrável?

O outro: Não é fácil dizer quem sou para você se livrar deste drama?
Baby, eu nunca fui o bilhete de sorte para você

O outro e a mulher: As correntes quebradas e arrastadas pelos colegas da colina vermelha
Nesta noite de celebração, uma alma vive e outra morre, esta é a vida
Em círculos contínuos e complexos que vivemos trancafiados e trapaceando
Ninguém responde pelo certo ou errado
A foto tirada captura o momento mais sombrio de nossas almas
A foto tirada esconde e revela o momento mais sombrio de nossas almas
Eu não quero ser o responsável
Não por hoje
Sem arrependimentos!

Mulher: Triste e fodida estou
Baby, me diga quem é o melhor do jogo

O outro: Pra que se machucar mais, benzinho?
Não percebe que a realidade é quebrável?

Mulher: Só diga o que eu quero ouvir
Só responda o que eu perguntar
As luzes desta boate não param de girar

O outro e a mulher: As correntes quebradas e arrastadas pelos colegas da colina vermelha
Nesta noite de celebração, uma alma vive e outra morre, esta é a vida
Em círculos contínuos e complexos que vivemos trancafiados e trapaceando
Ninguém responde pelo certo ou errado
A foto tirada captura o momento mais sombrio de nossas almas
A foto tirada esconde e revela o momento mais sombrio de nossas almas
Eu não quero ser o responsável
Não por hoje
Sem arrependimentos!


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários