Entrevista com Dragica Maletić

2/26/2018 07:34:00 AM


Dragica Maletić é a vocalista da banda Demist (estilo metal melódico/gótico/progressivo fundada em 2008) e também dona de um talento musical incrível: conheci essa cantora de Belgrado (Sérvia) através de sua página no youtube, enquanto ouvia seus cover das música Deadlands (Tristania) e  Wishmaster (Nightwish). 

Desde então, seu talento, voz e performance com sentimento na interpretação das canções, me encanta. E eu não poderia deixar de apresentar Dragica ao público brasileiro que curte rock e heavy metal.

Dragica é super atenciosa com seus fãs. Vamos conhecer um pouco mais sobre ela por meio de uma entrevista concedida pela primeira vez a um blog brasileiro. Para mim é uma honra poder divulgar o incrível trabalho de Dragica.  

1º) Muito obrigado por conceder esta entrevista, Dragica. Sempre repito que é um grande prazer para mim. Primeiro, apresente a cidade de Belgrado ao Brasil. É sempre bom saber de que forma a cultura local influencia você:

Olá, muito obrigado pelo seu apoio! Como você mencionou, moro em Belgrado, na Sérvia, a capital de um país pequeno, mas vibrante. A primeira coisa que os estrangeiros são rápidos em perceber é a nossa hospitalidade, o amor por deliciosos alimentos e bebidas, e, acima de tudo, sabem como se divertir! 😁 A cena do metal não é grande, mas está muito unida; Comecei recentemente a fazer colaborações com alguns dos meus amigos e conhecidos e foi uma explosão até agora!

2º) Estou super curiosa para saber a origem desse nome musical Dragica. Adoraria saber um pouco da história por trás da escolha deste nome:

É uma suposição comum que os estrangeiros fazem, mas, infelizmente, não é o meu nome artístico - é o meu nome verdadeiro, um que recebi depois da minha avó. Isso seria traduzido como "pequen(o)(a) querid(o) (a)"; Na Sérvia, é um nome bastante antigo, é um pouco bobo para uma pessoa jovem  ter isso. É por isso que é tão divertido para mim ver como os outros pensam que é um nome legal de palco😉
A imagem pode conter: 17 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
Dragica com os membros da banda Demist, em uma de suas apresentações

3º) Como foi que você descobriu uma forte inclinação para o lado musical? Qual foi a experiência mais marcante que vivenciou?

Simplesmente é algo que eu gostei de fazer desde que me lembro; Até que comecei a cantar no  coro da minha escola primária, estava convencida de que é apenas algo que todos podem fazer. A experiência mais notável teria que ser escolhida por Plamen Dimov, pai do Nightwish, para fazer parte do festival KIMAF e, mais tarde, também ser parte de um maravilhoso grupo Ocean Souls.😉

4º) Dentre os estilos musicas que você curte, quais são as suas principais influências e como elas ajudam na hora de compor músicas, interpretar canções e na forma como você encara os desafios da vida?

Principalmente metal  sinfônico, um pouco de gótico, power, melódico, death e nu metal (sim). Do meu período de "angústia de adolescente" até hoje, à medida que meu humor muda, a música que eu ouço ou crio, também muda. Agora, estou tentando me concentrar no que vem mais naturalmente, tentando ficar longe dos traços convencionais dos gêneros mencionados, então eu poderia criar algumas coisas sem vínculo de gênero. Veremos como isso acontece.

5º) Eu também sou fascinada por música, embora não tenha tanto talento, mas não tem como fazer outra coisa sem música (risos). Quando você não está nos palcos cantando ou pensando na próxima canção de seu canal, que tipo de hobbies você gosta de fazer?

Eu decidi recentemente assumir uma carreira inteiramente nova (além do meu ensino de inglês) - Eu quero me tornar uma psicoterapeuta e, espero, poder incluir música, já que estou realmente usando a terapia musical como uma nova abordagem. Além disso, eu diria que eu sou bastante aborrecida - covers são meus hobbies 😁
A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
6º) Subir ao palco é uma experiência marcante. Qual foi o show mais incrível que você participou com a banda Demist? Aproveitando a oportunidade, qual foi o show de uma banda que você curtia há muito tempo e que teve a oportunidade de assistir ou de participar?

Eu diria que nós mantivemos no Centro Juvenil - em um dos maiores locais do cenário underground de Belgrado, ao lado de algumas bandas perversamente talentosas, o local estava cheio e a atmosfera era fenomenal!

7º) No momento em seu canal no youtube, estamos conhecendo também seus amigos que contribuem nos covers que você faz e com certeza também tem o seu talento musical divulgado. Como está sendo essa experiência e o que nós podemos esperar ainda mais dessas parcerias e em seus próximos passos musicais?

Eu tenho mais algumas colaborações com amigos e depois disso, voltarei a fazer os covers sozinha por um tempo, mas também desejo reunir a coragem de chegar a alguns dos mais incríveis covers de artistas lá fora para possíveis colaborações. ... Mas provavelmente será um tempo mais longo até que eu possa fazer isso. Como mencionei, também pretendo começar a fazer minha própria música, mas esse processo, logicamente, será muito mais complicado, se for bem sucedido.

8º) Apresente também a banda Demist para o Brasil e diga o diferencial desta banda no gênero gothic/progressive/metal melódico:

Metal gótico / progressivo / melódico fundada em 2008, experimentando sons e influências diferentes, principalmente desenhando inspiração lírica de turbulências pessoais e demônios internos. Atualmente, estamos no hiato, que esperamos terminar um dia.

) Qual o seu grande sonho que você gostaria que se tornasse realidade? Pode ser sonho pessoal ou profissional:

Subir ao palco com uma banda bem sucedida e aclamada - basicamente, qualquer sonho de uma cantora, acho 😉 Mas, de forma mais realista, gostaria de um dia ganhar a vida com meus esforços musicais ... Na verdade, é difícil dizer qual é menos provável que aconteça, especialmente para aqueles que vivem na Sérvia 😉

10º) Há alguma pergunta que não foi feita, mas você gostaria de ter respondido?

Eu sinto que as perguntas foram muito bem feitas, então não há nada para adicionar.

11º) Deixe uma mensagem para os fãs brasileiros:

Se há algo que você deseja ver acontecer, você é o único que pode rolar as rodas, então faça um pequeno passo hoje, melhor do que esperar por algo acontecer amanhã!

Muito obrigado pela entrevista e desejo boa sorte na longa trajetória musical \m/
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Para mais informações:



ABAIXO, SEGUE ENTREVISTA EM INGLÊS:

Dragica Maletić is the lead singer of Demist (band of gothic / progressive / melodic metal  founded in 2008) and also has an incredible musical talent: I met this singer from Belgrade (Serbia) through her YouTube page while listening the cover of the songs  Deadlands (Tristania) and Wishmaster (Nightwish). Since then, her talent, voice and performance with feeling in the interpretation of the songs, are the things that I love in her. And I want to introduce Dragica to the Brazilian audience that likes rock and heavy metal.

Dragica is super attentive with her fans. Let's get to know a little more about this girl through an interview  given to a Brazilian blog. For me it's an honor to be able to spread the incredible work of Dragica.

1) Thank you for this interview, Dragica. I always repeat that it is a great pleasure for me. First, introduce the city of Belgrade to Brazil. It's always good to know how local culture influences you:

Hello, thank you so much for your support and for having me here! As you’ve mentioned, I live in Belgrade, Serbia, the capital of a small, but vibrant country. The first thing foreigners are quick to point out is our hospitality, love for delicious foods and drinks, and – above all – knowing how to party!  The metal scene is not large in number but is very closely knit; I’ve recently started doing collabs with some of my friends and acquaintances and it’s been a blast so far!

2º) I am very curious to know the origin of this musical name Dragica. I'd love to know a little bit of the story behind the choice of this name:

It is a common assumption foreigners make, but, alas, it is not my stage name – it’s my real name, one I got after my late grandmother. It would roughly translate as ’a little deary/darling’; in Serbia, it’s a rather old-fashioned name, it’s kinda silly for a young (ish) person to have it. This is why it’s so fun for me seeing how others think it’s a cool stage name 

3º) How did you discover a strong inclination towards the musical side? What was the most remarkable experience of this discovery?

It’s simply something I’ve enjoyed doing since I can remember; till I started singing in my elementary school choir, I was convinced that it’s just something everyone is able to do. The most remarkable experience would have to be being chosen by Plamen Dimov, Papa of Nightwish, to be a part of the KIMAF festival, and later also be a part of the amazing Ocean Souls group. 

4) What are the musical styles that  influence you and how this type of music helps  when you are composing songs, interpreting songs and  facing the challenges of life?

Mostly metal – symphonic, a bit of gothic, power, melodic death, and nu metal (yes). From my ’teenage angst’ period till this day, as my mood changes, so does the music I listen to, or create, for that matter. Right now, I’m trying to focus on what comes most naturally, trying to stay away from the conventional traits of the said genres so I might soon create some solo stuff. We’ll see how that goes.

5º) I am also fascinated by music, although it does not have so much talent, but I cannot do anything else without music (laughs). When you're not on the stage singing or thinking about the next song on your channel, what kind of hobbies do you enjoy doing?

I’ve recently decided to take on a whole new career (other than my English teaching one) – I aspire to become a psychotherapist, and hopefully I’ll be able to include music, as I’m really into musical therapy as a new approach. Other than that, I’d say I’m rather boring – covers are my hobbies 

6º) Taking the stage is a remarkable experience. What was the most incredible show you played with Demist? 

I’d say one we held at the Youth Centre – in one of the largest underground Belgrade venues, alongside some wickedly talented bands, it was packed and the atmosphere was phenomenal!

7º) At the moment in your youtube channel, we are also knowing your friends who contribute in the covers that you do and for sure also have your musical talent divulged. How is this experience and what can we expect even more from these partnerships and in your next musical steps?


I have a couple more friend-collab covers planned, after that, I will go back to doing them alone for a while, but I also wish to muster the courage to reach out to some of most amazing cover artists out there for potential collabs... But it will probably be a while longer till I’m able to do that. As I mentioned, I also intend to start making my own music, but that process will, logically, be a lot more complicated, if at all successful.


8º) Introduce Demist band for Brazil:

gothic / progressive / melodic metal  founded in 2008, experimenting with sounds and different influences, mostly drawing lyrical inspiration from personal turmoil and inner demons. Currently on hiatus, which will hopefully end one day.


9º) What is your great dream that you would like to see come true? It can be personal or professional dream:

Taking the stage with an established, successful, acclaimed band – basically any singer’s dream, I guess xD But, more realistically, I’d wish to one day make a living off of my musical endeavours… Actually, it’s hard to say which one is less likely to happen, especially since I live in Serbia 

10º) Are there any questions that have not been asked, but would you like to have answered?

I feel the questions were very well put together, so there’s nothing to add. 


11º) Leave a message for the Brazilian fans:

If there is something you wish to see happen, you’re the only one who can get the wheels rolling, so make a small step today, better than waiting for something to happen tomorrow! 


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários