Nada além do que sombras

6/21/2013 09:00:00 AM


Infeliz com o propósito do ser humano
Ferida criatura que anseia por uma morte rápida
Doloridas mentiras sussurradas no ouvido
O amor não pode mais salvar-me
Eu já estou além do fundo do poço
Esperando realmente que eu veja o paraíso


Como um estrangeiro em terras desconhecidas
Tecendo mentiras e afogando-se em lágrimas
Conduzidas pelas trevas rumo ao novo amanhecer
O amor não pode salvar-me
Eu já estou a beira de desistir de tudo
Esperando realmente que eu possa ver o paraíso


Nada além do que sombras se alimentando dos nossos medos
Nada além do que sombras queimando nossos corpos
Nada além do que sombras alimentando o nosso desespero
Somente sombras
Sombras...

Morte intocável no sétimo véu da dançarina
O palco da vida há muito tempo perdeu a cor
Morte intocável no sétimo véu da mentira
Liberte-nos do inferno do sofrer

Nada além....

Suas mãos manchada de sangue me estrangulam
Sinto todas as minhas forças desaparecendo
Este é o fim que eu sempre ansiei?
Adeus, humanidade cruel

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários