Capítulo 01: Medo

5/28/2014 07:48:00 AM

Estou sentindo ondas medonhas percorrendo o meu corpo. Este lugar é assustadoramente frio e escuro. Eu já devia estar acostumada com a escuridão acolhedora e com seu silêncio revigorante. Eu já devia estar acostumada com a solidão a devorar-me por completo. Por mais que eu tenha vivido, e principalmente, ter um dia sentido, eu não estou acostumada.

Sou envolta pelos olhares sedutores de um medo sem limites e uma vontade imensa de gritar. Como se minha voz rouca fosse ressoar por essas paredes e chegar aos ouvidos daquele que me salvará de meus tormentos!

Estendo minha mão na esperança de que eu sinta o toque quente de outra mão a guiar-me do abismo ao qual eu me lancei, tão tola e cheia de expectativas de que o meu fim e que minha ausência acabariam com o sofrimento. Em ambos os lados...

Sinto que estou novamente sendo castigada, porque a dor ainda reside em mim. Ainda queima... ainda me dilacera... Sinto que eu sou um constante e eterno renascer de uma fênix, cujo destino, já traçado pelos deuses, me faz de uma mera escrava de seus obscuros caprichosos....

Ass: Lindsay

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários