Me mate agora

8/29/2014 01:18:00 PM



Sem uma gota de sangue para beber
Na beira da estrada deitada esperando você chegar
Nenhum machadinho a vista, nem sua sombra negra
Um fantasma ereto chega a ofuscar minha vista
Logo o sol surgirá nessa manhã cinzenta
E queimará a todos com a cura libertadora
Me mate agora, me mate agora
Com o seu amor, com o seu amor


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários