Uma cabeça para sua amada Salomé

8/10/2014 11:34:00 AM


Pedes o que amor com sua loucura pode dar
Pedes o que o desejo te acostumou a saciar
Manipulas quem sou
Por você, eu quero mais
Manipulas com carícias
Que um dia vou me curvar

Pedes o que a dor lhe roubou na infância
Pedes o que a miséria te ensinou a suplicar
Manipulas sua alma
Por você, uma noite a mais
Manipulas e com sorte
Hoje eu vou atender seu pedido mortal...

Seu pecado é saber me usar
Seu pecado é me olhar assim

Vou me render

Seu pecado é uma ambição sem limites
Seu pecado é música para meus ouvidos

Vou me render

"Uma cabeça para sua amada Salomé
a dança terminou, a hora nefasta vai começar
Uma cabeça para sua amada Salomé
luxúria em sangue, eu te ofereço
Entregue-me numa bandeja de prata
Entregue-me um coração denunciador"


Pedes o que te faz se entregar a mim mais uma vez
Pedes o que o prêmio da ilustre serva
Manipulas sua sorte
Por você a morte é só uma ilusão
Manipulas o destino

Minha bruxa maldita

Seu pecado é saber me usar
Seu pecado é me olhar assim

Vou me render

Seu pecado é um véu tentador
Seu pecado é deitar comigo hoje

Vou me render

"Uma cabeça para sua amada Salomé
a dança terminou, a hora nefasta vai começar
Uma cabeça para sua amada Salomé
luxúria em sangue, eu te ofereço
Entregue-me numa bandeja de prata
Entregue-me um coração denunciador"

Veneno de Herodias é seu sangue Salomé
O humilde profeta é o prêmio por sua sedutora dança
Banquete de lágrimas de um povo sem líder

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários