Capítulo 2: Afogada

1/18/2015 05:22:00 AM

Eu estava disposta a encerrar de uma vez por todas com as histórias sobre mim: a das cartas, o desfile, o vídeo e as mentiras de Marx. Estava doendo demais e eu não desejava compartilhar com ninguém tamanha dor. As águas pareciam dançar sob meus olhos. Pensei se do outro lado da vida, as coisas poderiam ser melhores. Ou se eu apenas adormeceria envolta de doces sonhos de outrora... Ou se estaria nos braços acolhedores de minha mãe... O tempo estava correndo. Todos estavam se aproximando.
 Os risos de Carol e suas palavras anteriores foram cruciais para meu ato de desespero... Não poderia ser novamente uma covarde. Só pulei apenas... Sentia a água invadir cada extremidade de meu corpo e aos poucos me sufocar. Eu clamava por alguma espécie de ar que não chegava. Era o me fim...

"Carol, o que aconteceu aqui? Abram a grade de acesso a piscina. Como ela conseguiu entrar ai? E você? Por que não chamou ninguém?", dizia o senhor Valdemar.

...

Bradon estava certo. Tudo não passou de uma palhaçada para acabar de uma vez por todas com minha vida...




Todas As Águas Tem Uma Cor de Afogamento

Por favor me diga rio vermelho
Existe um lugar onde eu
Se a sua procura águas turbulentas
Por favor, não minta
Está chovendo há três dias
E as águas estão altas
Eu não consigo encontrar nenhuma passagem
Eu tenho medo de afogar-me hoje à noite

Rio Mau, você não se importa
É só seguir seu próprio curso
Enquanto eu choro em sua praia
Você me mostra nenhum remorso
Enquanto os espíritos que você tomou são carrancudos
Para mim, parece
Todas as águas têm a cor de afogamento

As noites em que eu costumava voltar
Para casa novamente
Eu encontrarei o meu amor neste barco
Em sua onda
E maldito seja o momento
Quando meu anel caiu lá embaixo
Então ele sorriu e disse:
"Eu vou buscá-lo de volta para você"

Agora eu gostaria que todos os rios
Pudessem parar o seu fluxo
Mas temo que este águas
Só não vão deixar-nos ir
Nem agora, nem amanhã, nem até
Estamos todos lá em baixo

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários