Canção da Metamorfose

10/26/2015 06:52:00 AM


Eu sei que sou bem vinda em seu mundo
Por estar ao seu lado eu me sentia tão bem
Porém incompleta, eu percebi tarde demais
Que havia um obscuro segredo
Que havia outros desejos
E eu não pude oferecer o que você queria

Eu me despi de meus medos para ser feliz
Eu perdi minha alma ao aceitar caminhar contigo
Eu mudei de nome para ser da realeza
E de nada adiantou

Enfim sozinha estarei
A compor a canção da metamorfose
Eu digo adeus ao amor
Cansei de lutar e esperar
Por mais que você diga que é meu
Eu sei que outra dorme em minha cama
Quando vou aprender que nasci para sofrer
Não sou mais que uma pecadora adorando um deus

Eu sei que minhas lágrimas não serão nada a mais

Em meu casulo, esfolando a pele de outro dia
Em um jarro a jorrar sangue eternamente presa
Meu fluído vital se ressumirá ao nada que sou
Pois havia um obscuro segredo
Pois havia outros desejos
E eu não pude oferecer o que você queria

Eu me despi de uma típica família
Eu perdi meu diário nessa longa trajetória
Eu mudei de endereço para além da imaginação
E de nada adiantou!

Enfim sozinha estarei
A compor a canção da metamorfose
Eu digo adeus ao amor
Cansei de lutar e esperar
Por mais que você diga que é meu
Eu sei que outra dorme em minha cama
Quando vou aprender que nasci para sofrer
Não sou mais que uma pecadora adorando um deus

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários