Distúrbios

10/14/2015 11:13:00 AM

Resultado de imagem para distúrbio
Inconsciente em meus distúrbios, procurando mais dúvidas do que respostas
Em minha mente pintada de um breu mais escuro que o véu da noite
Eu tento tatear
Inconsequentes declarações de uma anormalidade de confusões
Quando eu estarei de pé?

Eu tenho meus medos dos quais eu gostaria de doar
Para aquele principal ser responsável por me atormentar
Eu tenho minhas lembranças inquietas, eu não quero ser social
Palavras ao vento são iguais as suas promessas sem valor
Quando eu estarei de pé?

Ouvindo o rasgar do trovão, uma flecha em meu coração
Não há baile melhor do que dançar com os mortos silenciosos
Cujas as almas ardentes se perderam em seus dramas
Ouvindo o rasgar do trovão, a voz da nova revolução

Eu não quero respirar

Chorando feito uma criança
Em uma busca por seus prazeres
Uma contradição sem razão...

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários